COMO ESCOLHER O RETIRO IDEAL PARA SI

Crossfit espiritual

Para estar em boa forma física, é recomendável fazer exercício, praticar desporto.
Do mesmo modo, para estar em boa forma espiritual, é fundamental exercitar o recolhimento interior,
a meditação e fazer um retiro.

Um retiro à sua medida

Existem diversos tipos de retiro. Decida o que mais se ajusta às suas necessidades.

Recomendamos que leia a box e selecione aquele com que mais se identifica: 

S. Josemaria 
Escrivá
"Que a tua vida não seja uma vida estéril. - Sê útil. - Deixa rasto. - Ilumina com o resplendor da tua fé e do teu amor."

#1

  • Desejo aproximar-me de Deus pois, por diversas circunstâncias, tenho-O tido pouco presente na minha vida.

  • Preciso de algum acompanhamento espiritual, para esclarecer dúvidas de fé.

  • Tenho receio de não estar preparada para fazer um retiro espiritual em silêncio.

#2

  • Sou católica e costumo frequentar os sacramentos.

  • Tenho desejos de amar mais a Deus e ter mais intimidade com Ele na oração. 

  • Quero que Deus esteja mais presente na minha vida diária e corresponder ao que Ele espera de mim.

 

#1

Encontrar-me com Deus

Num mundo cheio de barulhos, de confusão, de falta de paz e de serenidade, Deus é uma realidade cada vez mais fundamental.

Mas ao mesmo tempo, nunca foi tão difícil parar, interromper as tarefas ofegantes do dia a dia para O encontrar. Conhecendo-me a mim própria, compreendo a necessidade de Deus e conhecendo a Deus, compreendo-me melhor a mim própria.

Assim recomendamos para si o Retiro GPS para a vida espiritual:

"Porque Tu Te
fizeste o meu auxílio..."

Santo Agostinho, quando se deparou com a grandeza de Deus, escreveu aquela que é a oração dos corações inquietos: "Tarde Te amei, ó Beleza tão antiga e tão nova… Tarde Te amei! Trinta anos estive longe de Deus. Mas, durante esse tempo, algo se movia dentro do meu coração… Eu era inquieto, alguém que buscava a felicidade, buscava algo que não achava… Mas Tu Te compadeceste de mim e tudo mudou, porque Tu me deixaste conhecer-Te. Entrei no meu íntimo sob a Tua Guia e consegui, porque Tu Te fizeste meu o auxílio. Tu estavas dentro de mim e eu fora…"

#2

 
Amar a Deus


A paz do retiro serve para pensar com calma no importante, longe das confusões e
das corridas diárias, para reflectir sobre as questões mais profundas da existência humana: a
felicidade, o projecto de vida, os sonhos, a amizade com Deus...
É uma ocasião para pôr um pouco de ordem nas ideias e nas nossas prioridades. Família, trabalho,
relação com Deus, amizades... Está cada coisa no seu lugar? Tenho que mudar o rumo de algum
aspeto da minha vida?

Não hesite, aqui já se pode inscrever:

"Deus nunca se cansa..."

Ser cristão não se reduz a cumprir os mandamentos, mas é deixar que Cristo tome posse da nossa vida.

Como nos diz o Papa Francisco:"Deus nunca se cansa de perdoar, somos nós que nos cansamos de pedir a sua misericórdia.

Aquele que nos convidou a perdoar «setenta vezes sete» (Mt 18, 22) dá-nos o exemplo: Ele perdoa setenta vezes sete."